Loading...
NotíciasReviews

Preview do filme “Diários de Otsoga” de Maureen Fazendeiro e Miguel Gomes

Amanhã estreia o filme “DIÁRIOS DE OTSOGA” de Maureen Fazendeiro e Miguel Gomes 

Amanhã, quinta-feira 19 de Agosto, chegará às salas de cinema portuguesas, o filme Diários de Otsoga realizado por Maureen Fazendeiro e Miguel Gomes, produzido pela “O Som e a Fúria” e “Uma Pedra no Sapato”, com apoio da RTP. O filme estreia em 12 salas do País. As sessões especiais arrancam também amanhã com a presença dos realizadores no Cinema Ideal, em Lisboa e, no domingo às 18h30, no Cinema Trindade no Porto. 

Guardei este segredo, zelosamente, desde a antestreia de imprensa que aconteceu numa manhã destas no ICA. De qualquer modo, a experiência só culminou quando, por obra do acaso, encontrei um dos actores protagonistas, o João, sentado com o Rafael numa esplanada mesmo perto do Campo Pequeno. Tímida e atrevida, com toda a minha paradoxal existência, fui refrescar a memória junto do intérprete portuense. Simplesmente agradável! 

Surpreendente, arrojada e poética! A longa metragem contém o sentido do ridículo cômico, representa a força do desejo e do amor, amaciados pela beleza natural na sua insistência por adaptar-se e sobreviver, muito apesar de um certo tédio e até desencanto instalados. A estória desenrola-se de trás para a frente sem nunca nos aborrecer ou agitar. A ação tem quase sempre muita emoção e os diálogos passam de boca para boca entre actores, com personagem-esboço, que vão sendo partilhados em cenas específicas. Miguel Gomes e Maureen Fazendeiro colocam na tela, subtilmente, a ideia do presente e da constante incerteza sobre o futuro mesmo que estejamos somente a falar sobre daqui a duas horas; a direção da ação e a angústia dos sujeitos sem norte e em convivência seguida num espaço delimitado. Sentimos desconforto pelas personagens. Há uma peculiar estranheza que consegue manter o espectador intrigado. 

Em suma, trata-se de um exercício cinematográfico fascinante, banhado de sentido de humor. “Diários de Otsoga” revela o avesso e o direito do que é gravar um filme em plena pandemia – o processo criativo é o resultado resultante do olhar desde três frentes e com três funções: filmar o filme sem guião mas com ideias e registar toda a equipa a ser simplesmente humana durante um confinamento. Onde acaba e começa a direção de actores? O que é encenado e o que é puramente espontâneo? 

A “residência artística” foi produzida em Sintra entre Agosto e Setembro de 2020. Vejam o filme, selecionado para a Quinzena de Realizadores de Cannes, já a partir de amanhã nos cinemas nacionais. 

Magda Costa
18-09-21 

@Que Amor É Este 2021


 
Sessões especiais:
 
5ª feira, 19 de Agosto, 21h40, Cinema Ideal em Lisboa – sessão com a presença dos realizadores, actores e da Ministra da Cultura, Graça Fonseca
 
Domingo, 22 de Agosto, 18h30, Cinema Trindade no Porto – sessão com a presença dos realizadores
 

O filme estreia em 12 salas do país, em Lisboa, Almada, Cascais, Coimbra, Viseu, Porto e Madeira:

 
– Cinema Ideal
– Cinemas UCI El Corte Inglés
– Cinema City Alvalade
– Cinemas NOS Amoreiras
– Cinemas NOS Almada
– Cinema da Villa Cascais
– Cinema Trindade
– Cinemas UCI Arrabida
– Cinemas NOS Alameda Shop
– NOS Alma Shopping
– NOS Forum Viseu
– NOS Forum Madeira
 
Crista (Afaiate), Carloto (Cotta) e João (Nunes Monteiro) constroem juntos um borboletário. Partilham o quotidiano na casa, dia após dia. Não são os únicos.
 
Diários de Otsoga traz-nos uma brisa de Verão contra a neura do confinamento!

Lá fora, Diários de Otsoga continua o seu percurso por festivais internacionais

 Depois da sua estreia mundial na Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes e da sua passagem pelo festival FIDMarseille, ambos em Julho, o filme continua o seu percurso, nos próximos meses, pelos seguintes festivais:
– Melbourne International Film Festival (05-22/08/2021)
– New Horizons International Film Festival (12-22/08/2021)
– Karlovy Vary International Film Festival (20 -28/08/2021)
– Toronto International Film Festival (9-18/09/2021)

Spread the love
Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *